Segredo

Há dias em que se tem o privilégio de acordar com um pequeno pássaro colorido sobrevoando a sua cama, lhe observando em silêncio.


Depois voa por toda casa, como se voasse por um universo de árvores imensas e suas copas inalcançáveis. Mas logo volta pro teu quarto e põe-se a cantar, como que fazendo um convite.


Você se levanta e voa também por toda casa, como se voasse por um universo de árvores imensas e suas copas inalcançáveis.


Daí pousa, veste a roupa de todo dia e vai pro trabalho. Vai voando pro trabalho.


Em dias assim não se deve revelar aos outros as habilidades que o pequeno passarinho colorido lhe presenteia com a sua vinda, mesmo que você prove, eles não acreditarão, portanto não convém o desperdício em dias assim.


Deve-se voar em silêncio e pousar com cuidado e fingir ser o mesmo.
Que ninguém desvende o brilho nos seus olhos. Que você consiga aproveitar bem tais dias.


E que tais dias sejam bem mais frequentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s